Criador Hermann Huppen eleito o melhor cartoonista


7 de Fevereiro, 2016

Fotografia: AFP

O desenhador belga Hermann Huppen, autor da colecção “Comanche”, foi distinguido, ontem, com o Grande Prémio do 43º Festival Internacional de Banda Desenhada de Angoulême, em França.

O autor foi escolhido após uma votação “online” e quase um mês de polémica em volta das questões de género e discriminação relativamente ao lugar das mulheres no mais importante festival de banda desenhada da Europa.
No final, a comunidade dos autores coroou “uma das obras mais emblemáticas da BD franco-belga para todos os públicos e o percurso de um dos autores mais prolíficos da 9ª Arte europeia”, conforme comunicado da direcção do festival.
Para a organização, Hermann Huppen é autor de “uma banda desenhada física e intensa, às vezes quase violenta, com um sentido consumado dos ambientes, um talento pouco comum para sugerir os temas, uma energia omnipresente”. Depois do anúncio, o autor disse estar “surpreendido”, agradeceu e confessou que nunca fica “totalmente satisfeito” com a amioria das suas criações e, por isso, promete continuar a desenhar.
O vencedor superou os dois outros autores seleccionados, o britânico Alan Moore e a francesa Claire Wendling. O Grande Prémio, que foi entregue o ano passado ao japonês Katsuhiro Otomo (Akira), é uma distinção de carreira e do conjunto da obra.
Hermann Huppen, nascido em 1938 e com formação em arquitectura e decoração antes de se lançar na BD como autodidacta, conta com uma carreira extensa, iniciada nos anos 60, com “Belles histoires de l’Oncle Paul”.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA