Crianças de Viana educadas nas artes


4 de Junho, 2016

Um projecto de educação comunitária, com vista a incutir o gosto pela arte em crianças e jovens de famílias desfavorecidas, está a ser realizado no município de Viana por um grupo de artistas plásticos angolanos.

O coordenador do programa disse que o projecto, denominado “Resquícios Dourados”, foi feito com o intuito de ensinar os alunos a reciclarem materiais e os transformar em peças artísticas, assim como chamar a atenção da comunidade para os riscos do lixo. O projecto, de carácter filantrópico, é uma iniciativa do atelier “Transumância”, que até hoje já deu oportunidade a mais de 40 pessoas, entre jovens e crianças, de explorarem as suas habilidades artísticas.
“Apesar destes ganhos, o desígnio, à partida, debate-se com a dificuldade de materiais e a obtenção de parcerias, com empresários, nacionais e estrangeiros, no intuito de melhorar e tornar mais abrangente o projecto de formação”, explicou.
Os novos artistas, adiantou, expõem até ao dia 16 de Junho no colégio Sagrada Família uma mostra do que produziram durante os quatro meses lectivos no atelier “Transumância”.
O historiador e professor de artes plásticas Filipe Vidal disse que este projecto não serve apenas para captar novos talentos, mas também para elevar a cultura dos munícipes de Viana.
“Não basta nos preocuparmos apenas com a formação instrutiva de uma criança, porque quando estamos a tratar da instrução devemos ensinar o saber fazer e moldar também o seu carácter”, realçou o docente.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA