Crianças estão mais envolvidas no cinema


9 de Maio, 2015

Fotografia: Maria Augusta

A Associação Angolana dos Profissionais de Cinema e Audiovisual (APROCIMA) realiza no próximo mês de Junho, em Luanda, o concurso infanto-juvenil “Vamos Filmar”, com o objectivo de promover os vídeos feitos por crianças.


O secretário para a área artística e documental da associação disse que o concurso serve para incentivar a descoberta de potenciais talentos na área da sétima arte, assim como projectar já a carreira dos futuros profissionais e cinéfilos.
O concurso, disse Manuel Terramoto, inclui apenas os trabalhos de crianças dos 12 aos 18 anos e é realizado no âmbito do aniversário da APROCIMA, a assinalar-se no dia 16 de Agosto. Além do concurso, adiantou, está também a ser preparado um leque de actividades, com destaque para as visitas à Cinemateca, ao Instituto Angolano de Cinema e Audiovisual (IACAM), à EDECINE, à Agência de Marketing, Publicidade e Produção (ORION), assim como um ciclo de palestras sobre o cinema angolano. As palestras são ministradas em universidades e escolas do II Ciclo do Ensino e têm como objectivo incentivar os jovens a aproximar-se do cinema angolano.
Ainda no mês de Agosto, a APROCIMA realiza a “Kitanda do Filme”, uma feira para a apresentação e venda de filmes, argumentos e encontros de profissionais do cinema e escritores angolanos.
Em relação ao actual estado do cinema angolano, Manuel Terramoto referiu que apesar dos problemas que o sector enfrenta têm sido dados passos significativos, particularmente em relação aos equipamentos usados, tanto na produção como na pós-produção. “Os 40 anos do cinema angolano acompanharam a história do país. O cinema assumiu as características de todas as fases que Angola viveu, os profissionais do ramo conseguiram registar os vários momentos em documentários, longas-metragens, videoclipes e mesmo em meros registos de vídeo”, disse. Uma preocupação é a paralisação das salas de cinema, principalmente as de Luanda.
Fundada no dia 16 de Agosto de 2014, a APROCIMA trabalha para defender o interesse dos profissionais do ramo. O seu plano de acção inclui ajudar os novos profissionais do cinema, assim como realizar cursos intensivos nas diferentes áreas do cinema.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA