Crianças mostram trabalhos sobre a defesa do ambiente

Roque Silva |
11 de Junho, 2016

Fotografia: Santos Pedro

A importância da relação entre a criança e o ambiente é o tema da exposição “A Criança e a Consciencialização Ambiental”, inaugurada quinta-feira no Salão de Exposições da União Nacional dos Artistas Plásticos (UNAP).

A exposição, que é transferida na próxima terça-feira para a Galeria de Maio, na UNAP, onde fica patente todo o mês, é composta por diversos trabalhos feitos por crianças e adolescentes que apelam à preservação do ambiente.
Com mais de 80 trabalhos de arte, entre pinturas, desenhos e esculturas, a exposição, montada no âmbito do Dia Mundial do Ambiente (5 de Junho) e do Mês da Criança, foi feita por crianças dos 5 aos 16 anos do Centro Cultural “Kaniaki” e a Associação de Apoio a Criança Abandonada (AACA).
Os trabalhos de arte, feitos de material reciclado e em diversas técnicas, têm um teor pedagógico, convidando os visitantes para uma atitude responsável para com os recursos naturais e a protecção da vida animal.
As telas mostram, entre outras imagens, crianças a estudarem à sombra de uma árvore e a brincarem à volta de um globo, assim como animais aquáticos rodeados de garrafas plásticas e um barco na costa angolana.
O objectivo da exposição, que se pretende o mais interactiva possível, é também o de incutir nas crianças a noção de maior responsabilidade para com o meio ambiente, particularmente nesta fase de recontrução do país.
Os desenhos exploram ainda as cores amarela, verde, branca e vermelha. As imagens fazem um enfoque especial sobre a importância da vida e da harmonia entre os recursos naturais e o homem.
“Defesa e preservação dos mares e da tartaruga marinha”, “A fiscalização marítima”, “Paz e saúde na terra” e “Aldeia VS Cidade” são títulos de alguns dos trabalhos em exposição.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA