Cultura

Crítica social no teatro

Manuel Albano

“Helena” é o título da peça  de teatro do Projecto Vela a que é exibida hoje, às 20h00, na Liga Africana, em Luanda, inserido nas actividades da terceira edição do Circuito Internacional de Teatro.

Fotografia: Jaimagens

O espectáculo narra a vida de uma jovem de 25 anos que se apaixona por um rapaz de nome Jack. A jovem tem so-nhos de construir família. Na fase do namoro, ela planeia ter um filho e engravida.
A notícia não foi bem recebida pelo parceiro que tudo faz para conseguir persuadir a rapariga a interromper a gravidez. Jack  faz  tudo para tirar a gravidez. Helena tenta compreender as razões pelas quais o parceiro pretende interromper a sua gravidez.
 
Preservação dos valores

O grupo Ndokweno Artes apresenta no sábado, às 20h00, na Liga Africana, a peça “Matumbice de Ouro”, na qual os protagonistas procuram mostrar uma sociedade consumista e cada vez mais “devorada” pela ganância dos homens.
A falta de solidariedade, o egoísmo, o enriquecimento ilícito e a degradação dos valores morais e cívicos são alguns dos temas levados à cena no espectáculo de aproximadamente uma hora.
A peça analisa o actual quadro de desenvolvimento do continente africano e é também uma crítica social à má gestão dos recursos naturais postos à disposição dos próprios africanos.
No domingo, às 20h00, o palco da Liga Africana acolhe o espectáculo “Cemitério 38” do grupo Amazonas Teatro, que retrata uma sociedade órfã  de valores morais, cívicos e culturais.

Tempo

Multimédia