Cultura

Cuba garante formação artística a angolanos

O reforço da cooperação cultural, com maior incidência na área de formação artística e promoção da literatura dos dois países através da participação angolana nas feiras do livro e outras actividades culturais em Cuba dominaram o encontro entre a ministra da Cultura, Carolina Cerqueira, e a embaixadora de Cuba, Esther Gloria Cárdenas.

Ministra da Cultura (à direita) recebeu em audiência a embaixadora de Cuba
Fotografia: EDIÇÕES NOVEMBRO

No encontro, as duas entidades passaram em revista aspectos ligados aos laços históricos de amizade, fraternidade mútua e a importância do incremento do intercâmbio e da cooperação.
De acordo com a ministra, a história de Angola está estritamente ligada à de Cuba, razão pela qual os dois povos continuam  a manter uma relação estreita  nos mais variados domínios da vida social, política e cultural.
Carolina Cerqueira adiantou que a formação artística dos jovens é um dos focos prioritários tendo em conta as acções para a promoção e divulgação da cultura angolana, destacando-se a criação da futura orquestra sinfónica nacional.
A diplomata cubana fez questão de manifestar a disponibilidade do seu país para apoiar Angola nas diversas vertentes, destacando igualmente a área da conservação do património histórico-cultural, bem como o enriquecimento do processo de candidatura do Cuito Cuanavale a património mundial. Neste particular, Esther Gloria  Cárdenas afirmou que Cuba possui um manancial de informações que podem ser importantes e introduzidos no processo a ser encaminhado à Unesco.
A diplomata considerou como uma mais-valia a participação de Angola na Feira Internacional do Livro de Cuba, daí ter solicitado à ministra a participação contínua de Angola neste evento cultural que anualmente movimenta centenas de agentes culturais ligados ao mundo da literatura.

Tempo

Multimédia