Cultura

Cultura reembolsa valores investidos

O Ministério da Cultura procedeu ao reembolso dos valores destinados à participação do artista plástico Hildebrando de Melo na 58.ª edução da Bienal de Veneza, que decorre entre 11 de Maio a 24 de Novembro.

Fotografia: Dr

Em nota de imprensa, divulgada no final de semana, o Ministério da Cultura refere que o artista plástico deveria representar o país numa das mais antigas e prestigiadas exposições de arte do mundo.
De acordo com o documento, Hildebrando de Melo foi notificado pessoalmente e por escrito, sobre a confirmação da transferência dos valores em causa, tendo acusado a recepção do documento.
A nota de imprensa refere ainda que, “as ordens de transferência e procedimentos bancários foram desencadeados logo após ao anúncio público da não participação do país no evento, sendo alheios ao Ministério quaisquer atrasos devidos a operações bancárias”.
Em 2013, Angola participou na Bienal de Veneza, tendo conquistado o Leão de Ouro, o maior galardão dessa exposição mundial.
A Bienal de Veneza é uma exposição internacional de arte realizada de dois em dois anos, desde 1895, em Veneza, Itália.

Tempo

Multimédia