Cultura alerta os músicos

Mário Cohen |
7 de Maio, 2016

Fotografia: Vigas da Purificação

O desconhecimento dos direitos de autor e conexos por parte da maioria dos criadores angolanos tem levado estes a retirarem pouco proveito das suas obras, em detrimento das casas nocturnas do país e dos DJ.

A falta de informação regular sobre os mecanismos de protecção e defesa dos criadores, em particular dos músicos, cujos trabalhos são os principais alvos da pirataria, têm criado entraves aos lucros obtidos, disse, ontem, em Luanda, o director provincial da Cultura.
Manuel Sebastião considera o fenómeno da pirataria como um mal muito grave para a classe artística nacional, por retirar o prestígio ao trabalho, de qualidade, feito pelos artistas.
“Actualmente existem casas de reprodução em áreas suburbanas, que têm prejudicado muito a produção discográfica e os produtores de arte.”
O director provincial da Cultura manteve um encontro com os artistas da capital, no qual foi abordada a legislação sobre os direitos de autor e conexos. “São actividades que devem ser realizadas regularmente”, destacou. A pretensão da instituição, continuou, é realizar actividades do género em diversos municípios e distritos de Luanda. “Os cantores e produtores musicais só vão poder reclamar os seus direitos quando estiverem inscritos numa instituição como a Direcção Nacional de Direitos do Autores (DNDA), a União Nacional de Artista e Compositores (UNAC) ou a Sociedade Angolana do Direito de Autor (SADIA)”, explicou.
Manuel Sebastião disse que as rádios, as estações de televisão, TPA e Zimbo, desrespeitam os direitos de autor ao tocarem músicas de cantores angolanos sem os pagarem. “Apesar de saber disso, a melhoria desta situação é um processo complicado, que é agravado pelo facto de ainda existirem músicos fora das instituições de defesa dos seus direitos”, disse.
Os DJ, destacou, arrecadam dinheiro nas suas actividades nocturnas com músicas de cantores, no auge das suas carreiras, sem pagarem a estes.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA