Cultura

Cultura bantu é tema de debate em Luanda

Roque Silva

A “Cultura Tradicional Bantu” é tema de palestra, hoje, entre às 12h00 e às 13h00, na Mediateca de Luanda, na primeira edição do projecto Diálogos Culturais sobre Cultura Africana.

Fotografia: Jaimagens|Edições Novembro

A iniciativa pertence ao programa social Ubuntu e ao colectivo cultural Slam do Amo, em parceria com a Rede de Mediatecas de Angola.
Isidro Fortunato, membro da organização revelou ao Jornal de Angola que a comunicação é apresentada pelo presidente do Conselho Director do Instituto Latino Americano de Tradições Bantu (Ilabantu), Walmir Damasceno, e o activista cultural, tradicionalista e pan-africanista angolano Mwêne Kambandu Kanjika.
Ambos propõem-se fazer uma abordagem epistemológica sobre as culturas tradicionais bantu, por formas a contribuírem para o enriquecimento dos conhecimentos das pessoas.
Walmir Damasceno encontra-se em digressão por África a preparar a IV edição do Encontro Internacional das Tradições Bantu no Brasil (ECOBANTU), a decorrer de 4 a 6 de Maio, no Estado de São Paulo, com o título “Legado de um povo Transatlântico”.
A segunda parte do programa reserva, entre as 13 e as 14h00, um diálogo com Anin Urasse, membro da Organização Pan-africanista “Reaja ou Será Morto”.
Brasileira de nacionalidade, a activista vai apresentar o livro “Escritos” de Assata Shakur, membro do antigo Partido Pantera Negra e Black Liberation Army, condenada por assassinato em 1977.

Tempo

Multimédia