"Cultura nas Escolas" arranca no Nova Vida

Roque Silva |
12 de Junho, 2015

Fotografia: Domingos Cadência

A terceira edição do projecto “Cultura nas Escolas” arranca hoje, às 10h00, nas escolas primárias 2033 e 2048, no Projecto Nova Vida, município de Belas, com a discussão sobre o “Combate ao Trabalho Infantil”.

Uma iniciativa do Governo Provincial de Luanda e da produtora Cantinho dos Sonhos, em parceria com a Fundação Lwini, prevê reflectir sobre a exploração das crianças abaixo da idade mínima legal permitida para o trabalho, conforme a legislação de Angola, com estudantes dos arredores do Kilamba Kiaxi.
A ideia, disse a mentora do projecto, é consciencializar as crianças e adolescentes para a importância dos valores cívicos e morais.
Sónia António disse que a música e a literatura infantil são artes que o projecto usa para incentivar os bons hábitos nas crianças.
“Vamos mostrar como o livro e a música infantil também complementam a educação e promovem os valores patrióticos”, referiu. O objectivo do projecto é que as crianças aprendam a viver cada etapa da sua vida, frisou Sónia António, que se mostrou preocupada pela forma como algumas crianças e adolescentes são encarados, em função da sua estrutura física e de algumas atitudes de adulto. “A combinação entre educação e entretenimento é o que pretendemos usar como estratégia.”
Segundo o programa do projecto, a escola Njinga Mbande, no distrito da Maianga, acolhe a discussão em torno do fenómeno “Matar Aulas”.
A presente edição vai promover lançamentos de livros e discos infanto-juvenis nas escolas e comunidades, com destaque para os escritores Maria Celestina Fernandes, John Bella e Kanguimbo Ananás.
O projecto vai abranger 67 escolas primárias na província de Luanda e outras dez no município de Belas, numa primeira fase.
O projecto já beneficiou mais de 80 mil crianças dos sete municípios de Luanda.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA