Cultura

Circuito de Teatro promove debates sobre artes cénicas

Um ciclo de debates e oficinas denominado “Bate papo teatral” arrancou ontem, às 16 horas, na Liga Africana, em Luanda, inserido na terceira edição do Circuito Internacional de Teatro (CIT), que decorre até 17 de Setembro.

Fotografia: Kindala Manuel|Edições Novembro

O ciclo de debates reserva para hoje a abordagem “dos processos de criação e suas diferentes formas”, para o qual foram convidados como oradores Armando Rosa, do grupo de teatro Nova Cena, Tony Franpenio (Enigma Teatro), Marisa Júlio (Amor à Arte), Luís Zage (Kipapumuno), Mileto, Stive e Sincero (Ombaka de Benguela).
Amanhã, à mesma hora e local, está prevista a  segundo sessão, subordinada ao tema da “Iluminação como segunda  elemento dramático”,  que vai ter como oradores os encenadores Cali Toso, do grupo Haja Luz, e Tony Franpenio, do Enigma Teatro.
No próximo dia 21 está prevista a realização do debate sobre “O teatro na perspectiva moçambicana”, com a participação dos encenadores e directores Joaquim Matavel e Elliot, dos grupos de teatro de Moçambique Girassol e Lareira, respectivamente.
O CIT decorre sob o lema “Trazendo o Mundo para Angola e levando Angola para o Mundo”, enquadrado no projecto “Cultura para todos”, do grupo de teatro Pitabel.

Tempo

Multimédia