Kilandukilo e Batucadeira animaram sarau


29 de Setembro, 2014

Fotografia: Francisco Bernardo

A companhia de dança tradicional Kilandukilo e o grupo cabo-verdiano Batucadeira animaram, na Catumbela, um sarau de danças africanas alusivo ao 5 de Outubro, data do terceiro aniversário da institucionalização da décima circunscrição da província de Benguela.

O porta-voz da comissão de festas, Lito Tolosso, disse que os dois grupos de danças tradicionais foram convidados para ajudarem a reforçar o interesse pelas danças e músicas tradicionais “predominante na região”.
De Cabo Verde vieram nove mulheres que partilharam o palco do Pavilhão Multiusos com os grupos “Irene Cohen”, do Cubal, os “Mukongos do Biópio” e os “Mangandu”, bem como com os artistas Sukumula e Ti-Viné.
O porta-voz da comissão afirmou que na Catumbela “há grande tradição de música folclórica da província, o que justifica ter vencido consecutivamente 22 edições do Carnaval de Benguela.
Apesar disso, lamentou, verifica-se alguma quebra na promoção das danças e das músicas de cariz africano.“As autoridades administrativas querem inverter este quadro e por isso promoveram o festival de danças africanas por saberem que as festas do município juntam milhares de pessoas”, declarou Lito Tolosso.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA