Kulonga em festival de teatro no Brasil

Roque Silva|
28 de Abril, 2015

Fotografia: Santos Pedro

O grupo angolano de teatro Kulonga participa no próximo Festival de Teatro de Ubá (FETUBA), Minas Gerais, que começa na sexta-feira e termina no domingo, com a participação de 25 companhias brasileiras.

O grupo angolano, vencedor em 2002 e este ano do Prémio Cidade de Luanda, é o primeiro estrangeiro a actuar no festival, que nasceu há cinco anos.
O grupo Kulonga apresenta no sábado o espectáculo “Loucura de Barriga Vazia”, no palco do espaço SESI Ubá, município de Belo Horizonte.
A peça, interpretada em 50 minutos, retrata a vida de um actor que se sente incompreendido pela mulher e sociedade.
Afonso Dinis “Amankwá”, que também o autor e encenador, desempenha o papel do jovem dividido entre o amor pela mulher, interpretado por Letícia Kambovo, e a paixão pelo teatro.
Na peça, a mulher quer que o marido deve abandonar o sonho de ser actor, porque o teatro não dá dinheiro.
O objectivo, afirmou o autor, é mostrar ao público as dificuldades vividas pelos artistas em Angola, em especial neste caso os do teatro.
“Infelizmente viver da arte ainda requer sacrifícios, porque o artista não consegue ganhar o suficiente para poder sustentar a sua família. Existem muitos criadores angolanos nesta situação e é uma realidade desconhecida por muitos. Por isso decidimos apresentar este espectáculo”, explicou.
Além de Afonso Dinis e Letícia Kambovo partem, quinta-feira para o Brasil os actores Garcia Cordeiro e Leonel Paulino, que vão participar em acções de formação. A peça vai também ser apresentada em Junho, em Moçambique, no Festival de Verão de Maputo. O grupo Kulonga participa em Agosto, no Rio de Janeiro, no Festival de Teatro de Língua Portuguesa (FESTLIP), com a peça “Filhos da Pátria”. O grupo de teatro Kulonga, fundado há 27 anos, apresenta normalmente, entre outras peças, “Luanda que Anda”, “A Fénix Renascida”, “A Fome de 1947”, “Fofoca de Comadres”, “A Culatra Saiu Pelo Tiro”, “Génesis” e “Obrigado Mãe”.
Afonso Dinis já foi considerado em 2012 o melhor actor do Festival de Teatro do Cazenga.
O Festival de Teatro de Ubá, que se realiza em três dias, com apresentações de diversas peças, com temáticas diferentes para adultos e crianças, tem entradas gratuitas.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA