Sakaneno João de Deus defende maior pesquisa

Manuel Albano |
5 de Maio, 2016

Fotografia: Kindala Manuel

O professor Sakaneno João de Deus disse ontem em Luanda que os coreógrafos e bailarinos devem pesquisar e explorar a diversidade das danças angolanas, por constituírem um factor de união nacional e identidade cultural.

Em declarações ao Jornal de Angola sobre o actual estado das danças folclóricas nacionais, o coreógrafo incentivou a juventude a estudar o mosaico cultural angolano.
Sakaneno João de Deus aconselha os grupos de dança e bailarinos a explorarem nos espectáculos a cultura das regiões do Moxico, Cuando Cubango, Lundas Sul e Norte, pela sua riqueza. Por outro lado, destacou a importância da percussão na dança e, nesse sentido, defendeu o estudo dos instrumentos tradicionais. “Temos que apostar no ensino da percussão. Falo especificamente do instrumento ngoma, por proporcionar diferentes sonoridades e enriquecer as danças no país”, justificou.
A abertura de lojas de material de dança é uma das preocupações de Sakaneno João de Deus, que lamenta a falta de vestuário adequado para os bailarinos e dançarinos usarem nos espectáculos.
O professor de dança e coreógrafo também sugeriu mais divulgação das artes cénicas no país e apelou à união dos artistas de todas as formas de expressão. Sakaneno João de Deus, 54 anos, é natural do Uíge. Entre 1989 e 2003, dirigiu a Academia de Dança.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA