Defendida modernidade para melhoria dos actores


3 de Julho, 2016

Fotografia: Benjamin Cândido |

A elevação do padrão de organização e modernidade  a  nível dos grupos e a nível individual dos actores, de forma a elevar a dignidade, do respeito, unidade e desenvolvimento que merece, foi defendida, ontem, pelo vice-presidente da Associação Angolana de Teatro.

Orlando Domingos, em declarações à Angop,   referiu que o teatro no país está em franco desenvolvimento, quer a nível dos grupos que produzem novos e melhores espectáculos e internacionalizam o teatro nacional, vencendo prémios, quer a nível individual com a entrada em massa de agentes da área no ensino superior, quer ao nível do associativismo.
“Muito ainda deve ser feito para  o teatro ser o elo de união cultural e espectáculo de entretenimento que deve ser visto no país e todos os actores culturais devem estar unidos e trabalhar para o desenvolvimento do teatro a nível nacional”, disse Orlando Domingos. O responsável acrescentou que deve ser dada uma orientação específica aos sectores culturais, nomeadamente as direcções e serviços municipais e comunais da cultura.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA