Cultura

Defendida valorização da música tradicional

Matumona Sebastião, guitarrista do agrupamento musical Ngoma Jazz,  afirmou na quarta-feira, em Luanda, ser necessário que o sector artístico valorize mais os estilos musicais tradicionais, como o semba, kilapanga e cabecinha.

Matumona Sebastião, guitarrista do agrupamento musical Ngoma Jazz
Fotografia: DR

Em declarações à Angop, a propósito do crescimento da música nacional, o guitarrista reprovou a atitude de alguns agentes do sector artístico por menosprezarem certos estilos folclóricos, em benefício de géneros como o kuduro.
Os estilos tradicionais, ressaltou, concorrem para a solidificação da identidade cultural do país e ajudam a resgatar os valores morais e cívicos da população.
O guitarrista afirmou estar em condições de contribuir para o desenvolvimento da música angolana e que o grupo Ngoma Jazz continua no activo.
As opiniões  do guitarrista do agrupamento Ngoma Jazz foram feitas  numa altura em que o Ministério da Cultura, em parceria com a Imogestin e o apoio dos governos do Moxico, Lunda-Sul e Lunda-Norte, realizam amanhã às 19h00, no largo 1º de Maio, na cidade de Saurimo, Lunda-Sul, a segunda edição do Concerto Regional de Música e Dança Tradicional do Leste de Angola.
Segundo o director Nacional da Cultura, Euclides da Lomba, estão já criadas as condições necessárias para a realização do concerto, no qual vão participar dez grupos, oriundos das províncias do Moxico, Lunda-Sul e Lunda-Norte, tendo como convidada a cantora Namanhonga.
O concerto na cidade de Saurimo visa resgatar e preservar aspectos da cultura e identidade nacionais.

Tempo

Multimédia