Desenhadores da Marvel no Luanda Cartoon

Francisco Pedro|
3 de Março, 2015

Fotografia: Carlos Dilack

O cartoonista português Filipe Andrade e o brasileiro Mike Deodato, da Marvel Comics, são os convidados estrangeiros especiais da próxima edição do Festival Internacional de Banda Desenhada (Luanda Cartoon), que decorre de 14 a 28 de Agosto deste ano, em Luanda.

O convite foi feito pessoalmente pelos cartoonistas angolanos Olímpio de Sousa, Lindomar de Sousa e Tché Gourgel, que participaram, em França, na 42ª edição do Festival Internacional de Bada Desenhada de Angoulême.
Filipe Andrade vive em Portugal, embora trabalhe para a Marvel, mas Mike Deodato reside e trabalha nos Estados Unidos, onde assina os desenhos das mais emblemáticas histórias de Banda Desenhada (BD), quer para revistas, quer para as famosas séries de desenhos animados, como “Homem-Aranha”, “Os Vingadores”, “Hulk” e outros da Walt Disney Company.
“Estivemos pessoalmente com Mike Deodato e Filipe Andrade e convidámo-los para participarem no Luanda Cartoon deste ano”, disse Olímpio de Sousa, um dos fundadores do Estúdio Olindomar, que organiza anualmente o festival.
Em França, afirmou, os cartoonistas angolanos não concorreram a nenhum dos prémios. “Estivemos em França a convite do Instituto Francês e da Aliança Française para visitarmos o Festival e conhecermos autores e editoras de vários países. Levamos todas as publicações editadas pelo Olindomar Estúdio, ‘Cabetula’, ‘Calibradinhos’, ‘Exemplo de um Pai’, de Altino Tchindele, ‘Bairro Nangol’, de Nelo Tumbula e  a ‘BDLP’, da CPLP”, declarou o artista.

Craques da Marvel

Mike Deodato é o pseudónimo de Deodato Taumaturgo Borges Filho. Tornou-se cartoonista por influência do pai, Deodato Borges, que o ensinou a desenhar e lhe deu a conhecer trabalhos dos mestres Will Eisner e Burne Hogarth. Mike Deodato lançou aos 15 anos a sua primeira revista independente, com a personagem “Ninja” em parceria com José Augusto, autor do argumento.
Filipe Andrade é um dos ilustradores portugueses mais jovens que trabalha para a Marvel. Estudou escultura na Faculdade de Belas Artes e fez em Los Angelos um curso de pré-produção para animação e jogos, enquanto publicava livros de BD.
A Marvel Comics pertence à linha editorial de banda desenhada Marvel Entertainment, propriedade da Walt Disney Company, que foi comprada em 2009 por quatro mil milhões de dólares. É das mais importantes editoras do género BD no mundo. Líder em vendas, tem alguns dos mais importantes e populares super-heróis e vilões das histórias de BD. Alguns destes títulos já foram adaptados para o cinema, nos últimos anos, e foram grandes sucessos de bilheteiras, que permitiram a Disney e a Marvel arrecadar milhões nas vendas de bilheteiras.

Festival Angoulême

O Festival Internacional de Angoulême, realizado anualmente desde 1974, em Angoulême, comuna francesa, é dos maiores do género da Europa, quer a nível de visitantes, quer de participantes: desenhadores, argumentistas e editores.
Tché Gourgel considerou importante a ida dos cartoonistas angolanos a França por lhes permitir mostrar projectos do Luanda Cartoon num festival abrangente. O desenhador referiu que Angoulême lhe permitiu aprender mais sobre o processo de gestão de um festival, a relação com o público, a forma como organizar os espaços e todos os aspectos relacionados com a promoção da BD, desde a edição até à comercialização, assim como a relação entre autores e leitores.
Lindomar de Sousa salientou que a presença dos cartoonistas angolanos em França lhes permitiu revelar o trabalho do Estúdio Olindomar, que anteriormente era conhecido apenas dos leitores da CPLP.
Os desenhadores também tiveram encontros com os cartoonistas franceses Varanda e François  Book, com quem falaram sobre o Luanda Cartoon.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA