Desenvolvimento da arte apresentado em Espanha


18 de Junho, 2014

Fotografia: DR

A exposição ''Mitos da Pop'', inaugurada na segunda-feira no Museu Thyssen-Bornemisza de Madrid, reúne cem obras daquela tendência artística do século passado, provenientes de 50 instituições de vários países.

A exposição, que se encerra em 14 de Setembro, destina-se a mostrar uma visão renovada desta expressão na perspectiva do século XXI, disse Paloma Alarcó, chefe de Conservação de Pintura Moderna do museu.
A selecção, que abarca a experiência pioneira da pop britânica, a clássica norte-americana e a sua expansão pela Europa, pretende identificar as fontes comuns desta arte internacional e realizar uma revisão dos mitos que definem o movimento. Artistas como Andy Warhol, Rauschenberg, Wesselmann, Lichtenstein, Hockney, Hamilton e o grupo espanhol Equipo Crónica, que escondem um irónico, mas  inovador código de percepção da realidade que continua vigente, são os principais pontos de referência da mostra, afirmou Paloma Alarcó.
As obras, algumas delas propriedade de coleccionadores particulares, procedem, entre outras, da National Gallery de Washington, a Tate de Londres, o IVAM de Valência e da colecção Mugrabi de Nova Iorque.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA