Desenvolvimento infanto-juvenil passa pela leitura


5 de Maio, 2016

A escritora Maria Celestina Fernandes considera que o desenvolvimento das crianças passa necessariamente pela leitura e por isso é imperioso que leiam sempre livros infantis, com vista a garantirem o seu crescimento harmonioso e intelectual.


A escritora manifestou essa opinião à margem do acto de oferta de livros infantis à biblioteca da Missão Católica de Cangandala, tendo realçado que o gesto visa ajudar as crianças a criar o gosto pela leitura e consequentemente desenvolver as capacidades cognitivas.
“As crianças não devem ter preguiça de ler livros infantis e não só, porque quem lê viaja e aprende muita coisa sobre o mundo”, referiu, acrescentando que através da leitura abrem as mentes e aprendem a fazer correctamente as coisas e a criar iniciativas para a sociedade.
A escritora realçou que a literatura infantil se afigura como importante na vida das crianças, porque, além de desenvolver o intelectual, melhora o comportamento delas perante os mais velhos.
Maria Celestina Fernandes aconselhou os escritores angolanos no sentido de promoverem a literatura angolana para que as crianças conheçam os nomes dos autores de obras literárias infantis e não só.
Dos livros oferecidos destacam-se “As amigas em Calandula”, “Árvores de Jingongos”, “A rainha das tartarugas” e “A problemática do Sida”, de autoria de Maria Fernandes.
Nascida em Setembro de 1945, na Huíla, Maria Celestina Fernandes é escritora há mais de 30 anos.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA