Cultura

Destacada importância do teatro na sociedade

O vice-governador para o sector Político, Social e Económico do Bié, Carlos da Silva considerou, ontem, no Cuito, o teatro como uma ferramenta importante para a mobilização e sensibilização da população sobre vários temas.

Festival Nacional de Teatro continua hoje na Liga Africana
Fotografia: Benjamim Cândido | Lunda-Norte | Edições Novembro

O vice-governador para o sector Político, Social e Económico do Bié, Carlos da Silva considerou, ontem, no Cuito, o teatro como uma ferramenta importante para a mobilização e sensibilização da população sobre vários temas.
Carlos da Silva fez essas declarações à Angop, no Festival Nacional de Teatro, denominado “Festpaz”, que encerrou, ontem, tendo acrescentado que o teatro, além de entreter, cria um ambiente de harmonia na sociedade.
“O teatro está a ganhar mais espaço na província do Bié, a julgar pelo crescente número de actores, grupos e peças exibidas”, adiantou, tendo reafirmado que o Governo provincial continua a prestar apoio à classe teatral, no sentido de impulsionar o desenvolvimento das artes cénicas. O grupo Omavelã Vetu Veya, do Bié, exibiu uma peça sobre o poder das autoridades tradicionais no meio rural e a superstição existente nessas comunidades.
O director artístico do grupo, Fernando Garcia, fez saber que para montar a peça, realizaram pesquisa em aldeias e ombalas da província do Bié. O Festival da Paz atinge este ano o nível internacional,  com a participação do brasileiro André Teixeira, protagonista de novelas da TV Globo e produtor de teatro. O festival, realizado anualmente, serve para comemorar o 4 de Abril, Dia da Paz e da Reconciliação Nacional.
A LAASP (ex- Liga Africana) recebe 26 espectáculos de Luanda, Bengo, Cuanza -Sul, Huíla, Uíge, do actor brasileiro e os humoristas Nelson Vemba e Artur Pop. Hoje, o grupo Prodarte, do Bengo, exibe, às 19h00, “De quem é a culpa”, às 20h45, o grupo Twabixila apresenta a peça “Personagens, factos e fotos”.


Tempo

Multimédia