Destacado o papel da cultura na luta de libertação nacional


8 de Fevereiro, 2015

Fotografia: Paulino Damião

O director provincial da cultura de Malanje, José da Costa Gaspar, destacou quinta-feira o papel exercido pela cultura durante aluta de libertação de Angola que culminou com o alcance da independência a 11 de Novembro de 1975.

José Gaspar, que falava à Angop, precisou que nessa trajectória vários agentes culturais desempenharam, através da música, um papel importante.
Muitos artistas escreviam e faziam músicas de encorajamento e moralização para os guerrilheiros e de mobilização para a inserção de jovens nos movimentos de libertação nacional.
“A música foi uma das manifestações culturais que mais se notabilizou na época porque havia guerrilheiros a cantar e as suas músicas transmitiam mensagens de sentimento patriótico e de intervenção política com a ansiedade de assumirem uma cidadania”, enfatizou o director provincial da cultura.
José Gaspar acrescentou que, durante a colonização, os portugueses impuseram a sua cultura em todas as vertentes e o resgate da identidade cultural angolana apenas se tornou possível com o alcance da independência em 1975.
O director provincial manifestou preocupação face à falta de conhecimento por parte de muitos jovens das etapas e acontecimentos que marcaram a História de Angola até à independência.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA