Diálogo visto como essencial na relação entre comunidades


1 de Janeiro, 2015

O chefe do Departamento de Acção Cultural da província do Uíge, Augusto Kitoco, defendeu ontem a importância do diálogo na troca de experiências com as comunidades tradicionais.

O responsável, que foi convidado a participar numa Fogueira Cultural, realizada no âmbito das comemorações do Dia da Cultura Nacional, a ser assinalado a 8 de Janeiro, garantiu que as instituições de apoio ao sector cultural vão continuar a promover o intercâmbio entre as comunidades.
Augusto Kitoco destacou a importância da Fogueira Fultural como promotora de contactos sociais.“A Fogueira Cultural promove a partilha de ideias, conhecimentos e os hábitos entre os habitantes das mais distintas localidades da região”, enfatizou Kitoco.
O regedor do Quica, onde decorreu a Fogueira Cultural, Miguel Alexandre, disse que a iniciativa da direcção provincial é bastante significativa para a localidade, por ajudar a levar um pouco mais da cultura nacional aos jovens. Nesta era de globalização, é importante realizar actividades deste género que ajudam a aproximar os jovens da cultura e das artes nacionais nas localidades com pouca visibilidade, como o Quica”, rematou o regedor.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA