Cultura

Diplomata angolano felicita conquista

O embaixador de Angola na Guiné Bissau, Daniel Rosa, felicitou na quinta-feira o Ministério da Cultura pela eleição do Centro Histórico da cidade de Mbanza Kongo a Património Mundial.

Daniel Rosa embaixador de Angola na Guiné-Bissau
Fotografia: Jaimagens| Edições Novembro

Numa mensagem enviada à imprensa, o diplomata ressalta que a decisão da UNESCO, de 8 de Julho de 2017, assumida durante a 41.ª Sessão do Comité do Património Mundial, realizada em Cracóvia, na Polónia, constitui para os angolanos o melhor reconhecimento internacional dos monumentos e sítios históricos de Angola.
“Foi com incontida satisfação que tomei conhecimento da grande vitória diplomática da Cultura da República de Angola, nos últimos 41 anos, com a eleição da cidade de Mbanza Kongo, na província do Zaire, a Património Mundial”, escreveu o diplomata na missiva endereçada à ministra da Cultura, Carolina Cerqueira.
Daniel Rosa enalteceu o esforço conjunto do Executivo angolano, liderado pelo Presidente da República, José Eduardo dos Santos, conduzido pelo Ministério da Cultura e executado “de forma incansável” pelo Governo Provincial do Zaire e a missão permanente de Angola junto da UNESCO.
Esse esforço, acrescentou, permitiu a inscrição do nome de Angola no livro dos Monumentos e Sítios Históricos, passando a fazer parte do Património Mundial.

Tempo

Multimédia