Direitos de autor mais protegidos


18 de Setembro, 2015

Fotografia: João Gomes |

A União Nacional dos Artistas e Compositores - Sociedade de Autores (UNAC-SA) assinou um contrato de representação recíproca com a Society of European Stage Authors & Composers (SESAC) , para maior protecção do trabalho dos seus associados.

A organização norte-americana de direitos de autor e conexos, com sede em Nashville e escritórios em Nova Iorque, Los Angeles, Atlanta, Miami e Londres, representa, para a direcção da UNAC-SA, um passo decisivo na melhoria dos serviços dos seus associados, assim como a possibilidade de criação de novas parcerias.
O acordo, acalrou a UNAC-SA, tem um enorme alcance internacional e inclui um vasto repertório que abrange praticamente todos os géneros de música do Mundo. O acordo também abrange o sector tecnológico e inovações sobre os direitos de autor. A SESAC, que licencia actualmente mais de 400.000 obras musicais e tem mais de 30.000 membros, entre compositores e editores musicais, representa grandes nomes da música internacional como Bob Dylan, Neil Diamond, Junco, Lady Antebellum, Mumford & Sons (PRS), Zac Brown, Paul Shaffer e Thompson Square. Nos Estados Unidos apenas existem três instituições como a SESAC, criadas para representar os compositores e os editores quando as suas músicas são apresentadas em público.
A UNAC-SA, com este contrato de representação recíproca, torna-se assim na entidade africana que pode representar uma das maiores redes internacionais dos direitos de autor dos seus artistas, com capacidade de cobrir mais de 90 por cento da música estrangeira que é ouvida em Angola nas rádios, televisões, discotecas e espaços públicos.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA