Disney ignorou as ideias do cineasta George Lucas


25 de Janeiro, 2015

Fotografia: Divulgação

Vender os direitos de “Star Wars” à Disney em 2012 não significou para George Lucas afastar-se da produção da nova trilogia.

O autor pretendia inicialmente envolver-se no projecto, mas ao perceber que podia ter de dedicar quase uma década à trilogia acabou por recuar na intenção, mas ponderou ainda fazer o primeiro filme, dando algumas ideias.
Mais uma vez desistiu, considerando que não fazia sentido construir uma equipa para um projecto que não era ele a continuar. Mas as ideias ficaram. “É melhor para mim sair no princípio de algo novo”, disse numa entrevista ao “USA Today”, acrescentando que “o tempo é mais importante que o dinheiro”.
A nova trilogia - cujo primeiro filme tem estreia marcada para Dezembro - não conta com qualquer ideia de George Lucas, com a Disney a ir por caminhos diferentes.
“As ideias que eu vendi à Disney foram rejeitadas. Portanto, não são as que escrevi”, salientou o produtor e realizador numa entrevista concedida ao “Cinema Blend”.
A Disney planeia estrear os três novos filmes de “Star Wars” até 2019. O primeiro filme deve ainda ficar marcado pela presença da primeira mulher “stormtrooper”, personagem que pode ser interpretada por Amybeth Hargreaves.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA