Cultura

Domingo Cupa elogia criação de editoras

O surgimento de editoras no mercado literário nacional tem permitido reduzir os gastos na produção dos livros no estrangeiro, reconheceu ontem, em Luanda, Domingo Cupa, autor do livro de poesia “Além da Palavra”.

O escritor, que realizou no sábado uma sessão de autógrafos e venda do seu primeiro livro “Além da Palavra”, no Atelier Guilherme Mampuya, um espaço localizado no Zango, em Viana, incentivou as várias iniciativas individuais e colectivas que têm sido desenvolvidas no domínio das artes, em particular da literatura.
Actualmente, afirma o autor, já não se justifica tanto o recurso a editoras estrangeiras, pois  as nacionais têm sabido dar resposta às exigências do mercado. Domingo Cupa apelou a um maior envolvimento dos empresários na criação de projectos de apoio às actividades culturais no país, com particular destaque para a literatura, por ser um meio importante no aumento de conhecimento dos estudantes.
Domingo Cupa elogiou o trabalho  desenvolvido pelos escritores Ângelo Reis, Adão Zina, Ras Nguimba Ngola, Ismael Farinha,Cláudio Gomes, Pedro Bélgio, Gino Sacra, Zola Ramos, Gabriel Rosa, Lourenço Mussango e Otília Adriano.
O seu livro de estreia, lançado em Abril, no Instituto Camões-Centro Cultural Português, retrata o   amor, as lembranças e a esperança.
Domingo Cupa é natural do Lobito.  Fez teatro pelo Grupo Colectivo Tony- Artes e participou em vários concursos de música.

Tempo

Multimédia