Domingos Nguizani defende o tradicional

Manuel Albano
17 de Novembro, 2014

As danças tradicionais angolanas precisam de uma maior divulgação nas escolas para começarem a ser valorizadas e permitirem aos jovens conhecer melhor uma parte da cultura nacional, disse ao Jornal de Angola o director do Ballet Nacional de Angola.

Domingos Nguizani, que manifestou a opinião no final de um espectáculo de dança tradicional, realizado no Centro Cultural Agostinho Neto, salientou a importância de “uma maior parceria com as instituições de ensino no país para levar os estudantes a interessarem-se pelas artes, principalmente as danças.
Os jovens, defendeu o director do Ballet Nacional de Angola, precisam de orientação para compreenderem a importância do resgate dos valores e costumes angolanos.
Domingos Nguizani declarou que apenas assim “a nova geração pode estar mais próxima da realidade cultural do país e interessada em pesquisar mais sobre as danças tradicionais”.
O espectáculo no Centro Cultural Agostinho Neto, no Bairro Operário, integrado no programa “Cultura Novembro”, do Ministério da Cultura, destinado a alunos do colégio Ricardina,  foi uma fusão do moderno e do tradicional.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA