Doraemon conquistar ecrãs


10 de Abril, 2015

Doraemon, o gato cósmico mais famoso da televisão, resiste a sair dos ecrãs depois de mais de 35 anos, e volta a demonstrar a atracção que gera entre os japoneses com o seu novo filme, que se mantém número um pela quinta semana consecutiva.

O novo filme, “Doraemon: Nobita's Space Heroes”, que é o número 36 da filmografia baseada no franchise, leva arrecadados um total de 28,8 milhões de euros no Japão desde a sua estreia a 7 de Março, segundo o “ranking” publicado no website da agência especializada kogyo.
A estreia do filme coincide com o 35º aniversário do início da série  cinematográfica e a eleição em Fevereiro passado do filme “Stand By Me Doraemon” como o melhor filme de animação do ano pela Academia japonesa de cinema.
Este título também foi um êxito de bilheteira e foi o terceiro filme mais visto no Japão durante 2014, para além de ter estreado em outros 20 países.
Doraemon começou a protagonizar aventuras no grande ecrã em 1980 com o filme “Doraemon: O dinossauro de Nobita”, um ano depois da estreia da série de televisão.
Desde então o gato cósmico protagonizou um filme por ano, à excepção de 2005, e sempre esteve na lista de filmes mais vistos no Japão.
A história do bem-sucedido franchise japonês gira em torno de Doraemon, um gato robótico do século XXII, e Nobita, um estudante pouco aplicado, que recebe a ajuda de Doraemon e os seus objectos que guarda no seu bolso mágico para que este evolua e construa um futuro melhor para si e para os seus descendentes.
Baseada no “manga” criado em 1969 por Fujiko Fujio, a série infantil “Doraemon”, que conta com quase 1.800 episódios, passou na televisão japonesa entre 1979 e 2005.
Nesse ano começou  no país asiático uma nova série que continua no ar e conta já com mais de 650 episódios.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA