Cultura

Dossier sobre a cidade de Mbanza Kongo analisado na Polónia

O dossier de Mbanza Kongo visando a sua inserção na lista de património mundial da humanidade é analisado na 41.ª sessão do Comité do Património Mundial da UNESCO, que se realiza de 2 a 12 de Julho próximo, em Cracóvia, na Polónia.

Fotografia: Edições Novembro

A reunião de Cracóvia vai decorrer com a presença de representantes de 21 Estados membros da Comité do Património Mundial da UNESCO, que tem as decisões relativas ao património cultural e natural em todo o mundo, sendo Angola representada por uma delegação chefiada pela ministra da Cultura, Carolina Cerqueira.
O Centro Histórico de Mbanza Kongo concorre para a sua inscrição na lista do Património Mundial, cujo dossier de candidatura foi já submetido ao organismo da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco), com sede em Paris. O projecto foi lançado em 2007, na província do Zaire, durante a realização da Mesa-redonda Internacional sobre “Mbanza Kongo, Cidade a Desenterrar para Preservar”, numa promoção do Ministério da Cultura.
O acordo com a UNESCO, sobre a organização do evento na Polónia, foi assinado a 19 Abril deste ano   em Paris, pelo vice-ministro da Cultura e do Património Nacional polaco, Piotr Gliński.
A 41.ª sessão do Comité do Património Mundial da UNESCO é organizada pelo Ministério da Cultura e do Património Nacional da Polónia, em colaboração com o Ministério das Relações Exteriores, Ministério do Interior e da Administração e as autoridades Cracóvia.
Actualmente, 195 países são membro da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco).

Tempo

Multimédia