Cultura

Embaixada lança antologia

O livro de poesia “Poemário MD.PT” da autoria de sete funcionários da Embaixada de Angola em Portugal, incluindo o embaixador José Marcos Barrica, foi lançad na  sexta-feira, em Lisboa.

Embaixador de Angola em Portugal José Marcos Barrica é co-autor do livro de poemas
Fotografia: Maria Augusta|Edições Novembro

A obra literária inclui 39 poemas inéditos escritos por António Baptista, Dilma Esteves, Fernando M'Bachi, Isabel Bastos, José Marcos Barrica, Mário Fançony, com ilustrações do artista plástico e adido cultural Luandino Carvalho.
O adido de Imprensa da Embaixada de Angola em Portugal, Estêvão Alberto, disse que a iniciativa da publicação inédita representa uma acção orientada ao incentivo da criatividade literária e do talento artístico no seio dos trabalhadores.
Os textos, segundo Estêvão Alberto, espelham a vida quotidiana angolana, os “mambos do passado, presente e outros desejos e anseios de quem está fora da terra natal, mas que vive dentro de Angola nas horas de expedientes”, disse o adido.
O livro “Poemário MD.PT”  desvenda a “vida para além das funções profissionais, destes trabalhadores da Embaixada de Angola em Portugal.”
 O lançamento da obra, a 16 de Junho, ocorreu numa data que pode ser adoptada como o Dia da Embaixada da Republica de Angola em Portugal, disse Estêvão Alberto.
Acrescentou que foi no dia 16 de Junho de 1978 que teve início formal à actividade da Missão Diplomática angolana em Portugal, decorrente da cerimónia de apresentação de credenciais do primeiro chefe de Missão Diplomática, Adriano João Sebastião, ao Presidente de Portugal, António Ramalho Eanes. Por sua vez o embaixador de Angola em Portugal, José Marcos Barrica, disse que o gosto pela poesia surgiu na década de 1980, sem perspectivas de se tornar escritor.

SAPO Angola

Tempo

Multimédia