Escola deve ter disciplina sobre História de Angola


14 de Julho, 2014

A inclusão da disciplina de História de Angola nos primeiros anos de escolaridade é fundamental para que as crianças cresçam com conhecimentos de referência em relação à trajectória e às figuras históricas do país, afirmou em Luanda o historiador Fernando Gamboa.

Em declarações à Angop, a propósito do ensino da História de Angola desde os primeiros anos da primária, Fernando Gamboa afirmou que a inclusão da disciplina vai permitir que a criança desde cedo conheça o percurso histórico dos heróis que lutaram pela emancipação de Angola, cultivando assim o espírito crítico e patriótico.
A criação de manuais sob a forma de “quadradinhos ou banda desenhada”, que ilustram e relatam histórias de heróis como Nzinga Mbandi, Beatriz Kimpa Vita, Ekwikwi, Mandume, Mutu-ya-kevela, documentários com conteúdos não muito conflituosos entre os angolanos e com linguagem acessível, ajudam a perpetuar na memória da criança a figura destas personagens, assim como cria o gosto pela biografia patriótica.
O também docente universitário sublinhou que a inclusão de obras de escultura e pintura, assim como as canções históricas, também são importantes na função social de matriz cultural, na educação da nação, na promoção de valores e princípios éticos, assim como na preparação integral do homem no seu progresso contínuo, com vista a garantir a manutenção e conhecimento lógico.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA