Cultura

Escritor Ondjaki divulga o português

O escritor angolano, Ndalu de Almeida, de nome artístico Ondjaki, foi o autor convidado para abrilhantar a noite cultural promovida, na cidade de Ottawa, no Canadá, pelas embaixadas de Angola, Brasil e Portugal, em comemoração do 5 de Maio, Dia da Língua Portuguesa e das Culturas dos Países da Comunidade Lusófona (CPLP).

Ondjaki em cerimónia da CPLP em Ottawa
Fotografia: Angop

Acompanhado pelos músicos brasileiro, Marcelo Magdaleno, e português, Renato Diz, Ondjaki procedeu à leitura de alguns versos de Ana Paula Tavares, da portuguesa, Sophia de Mello Breyner, e do brasileiro, Herbert Helder, num espectáculo designado “Sobre o mar”.
Antes da declamação da poesia de Ana Paula Tavares, “O corpo lavrado” - uma espécie de carta endereçada a um poeta moçambicano - Ondjaki fez referência às simbologias encerradas na lírica desta poetisa nascida na província da Huíla. Ondjaki deliciou igualmente os presentes, ao entoar a música Malaika (meu anjo, em português) da consagrada cantora sul-africana, Miriam Makeba, cantada em suaíli.
O evento, que decorreu no auditório da Universidade de Ottawa, contou com a presença de chefes das missões diplomáticas dos países membros da CPLP com residência no Canadá, nomeadamente Angola, Brasil e Portugal, e de outros convidados. Na abertura, o embaixador do Brasil no Canadá, Denis Sousa Pinto, exaltou a expansão da língua portuguesa no mundo.

SAPO Angola

Tempo

Multimédia