Cultura

Escritora Chó do Guri lança "O Cambulador"

Mário Cohen|

A escritora Chó do Guri vai apresentar no próximo dia 18, às 18h00, na seda da União dos Escritores Angolanos (UEA), em Luanda, o seu novo romance, “O Cambulador”.

Autora apresenta novo romance em Luanda
Fotografia: Cedida pela escritora

O livro é uma ficção baseada em factos reais, que pretende consciencializar as pessoas para a importância da educação, através de atitudes que devem ser orientadas pela fraternidade, solidariedade, civismo e ética.
De acordo com Chó do Guri, o romance foi escrito de forma acessível para mostrar, em 20 capítulos e cerca de 330 páginas, a vivência e alguns constrangimentos produzidos pela sociedade angolana.
“O Cambulador” conta a história de Sandra, amiga de João Artur, que contrai o VIH/Sida, e que depois de algum tempo de renúncia à vida, aceita o seu estado serológico.
Com este romance, a autora procura mostrar o que é a vida e o que ela representa para os seres humanos, deixando a conclusão de que, embora as situações com que são brindados os seropositivos sejam constrangedoras, é possível viver com dignidade na esperança de que os cientistas encontrem uma solução para acabar com esta epidemia.
Chó do Guri é pseudónimo literário de Maria de Fátima de Morais oriunda da comuna da Quibala, província do Kwanza-Sul, onde nasceu a 24 de Janeiro de 1954. Em Julho de 2009 traduziu o livro “A Filha do Alemão” para alemão, com o apoio do Instituto cultural alemão. 
Aos 59 anos, Chó do Guri já publicou obras como “Vivências” (poesia), “Bairro Operário - a minha história” (conto), “Morfeu” (poesia), “Chiquito da Camuxiba” (romance), vencedor do Prémio de Literatura Africana em 2006 e do Instituto Marquês de Valle Flor, em Portugal, 2003.

Tempo

Multimédia