Cultura

Espectáculo de jazz na Baía Azul

Sampaio Júnior | Baía Farta

Um espectáculo de jazz realiza-se hoje, às 19h00, no Rasgado Jazz Clube, na Baía Azul, em Benguela, com a participação da banda Pop Show, Afrikanitha e Dodó Miranda, para saudar o 25 de Maio, Dia de África.

Afrikanitha é uma das convidadas para animar o concerto
Fotografia: DR

A iniciativa, que vai realizar o primeiro grande concerto de jazz na Baía Azul, irá juntar, igualmente, músicos de renome internacional do jazz das Repúblicas do Congo Democrático e de Moçambique.
Francisco Rasgado, responsável pelo evento, disse que a iniciativa visa lembrar a importância do jazz para os angolanos e o seu papel diplomático de unir pessoas. O espectáculo é organizado pelo Rasgado Jazz Clube, em parceria com a empresa cervejeira Cuca Soba - Catumbela.
De acordo com Francisco Rasgado, o jazz em toda a sua extensão é mais do que um estilo musical ou uma manifestação artística cultural. “Será um encontro feliz entre o jazz e as águas cristalinas da Baía Azul que vai ficar marcado na vida dos artistas e do público.”
O responsável considera o jazz um estilo de música perfeita para quem quer estimular a criatividade e criar oportunidade de ser conhecido nesta arte, pois como sublinhou “todos juntos podemos elevar a imagem de marca da Baía Azul como um pólo de desenvolvimento turístico e com suporte deste instrumento de liberdade.” O jazz, disse, serve de ponte para unir culturas, fomentar o diálogo, a cooperação e criar uma coexistência pacífica. “É necessário promover o jazz com a realização de concertos, organizados por escolas e músicos individuais, um pouco por toda Benguela”, disse Francisco Rasgado.
O espectáculo pretende trazer de volta um estilo musical que grande parte da juventude deixou de escutar por falta de concertos embora seja um género musical erudito.

Tempo

Multimédia