Cultura

Espectáculos angolanos são exibidos em Maputo

A Companhia Tic-Tac, do município do Cazenga,  e o   grupo Amazonas Teatro, do bairro Prenda, exibem hoje, às 18h00 e 20h00,  no Teatro Avenida, em Maputo, os espectáculos “Firmino Roboteiro” e “Os Hóspedes”.

A Companhia Tic-Tac exibe hoje duas peças
Fotografia: Edições Novembro

As duas companhias angolanas encontram-se desde ontem em Maputo, para participarem  no Festival Internacional de Teatro de Inverno (FITI), que decorre desde o dia 24 de Maio até 17 deste mês.
“Firmino Roboteiro”, com texto original do professor e jornalista António Fonseca,  conto extraído do livro “Primo Narciso e Outros Contos”, adaptado ao teatro por Orlando Domingos e conta a estória de um homem que migra do Ndombe Grande, Benguela, para Luanda e se instala no mercado Roque Santeiro onde se desenrola a trama colocando em palco três actores, que com uma dinâmica própria desenvolvem a "performance".
Com texto de criação colectiva e encenada por Gerson Vangue “Chance”, “Os Hóspedes” apresenta a estória de dois pacientes internados num hospital durante muito tempo e retrata  o que se vive e não se vive num hospital. A peça põe em cena apenas dois actores com muito talento.
A participação das companhias angolanas neste certame resulta da parceria e cooperação desenvolvido entre os festivais internacionais de Teatro de Inverno de Maputo (FITI) e do Cazenga (Festeca), que anualmente cada um envia entre dois a quatro grupos de teatro para participar na outra festividade das artes dramáticas.
Este ano, o FESTECA vai receber quatro grupos de Moçambique, nomeadamente Nguenhá, Girassol, Grupo da ECA e Katchoro, sendo o primeiro da cidade da Beira e os outros três da capital, Maputo. Além da Tic-Tac e do Amazonas outro grupo de teatro angolano que vai participar no FITI é o Enigma Teatro que tem espectáculo marcado para 17 de Junho, data de encerramento do festival.

Tempo

Multimédia