Espectáculos na Europa ganham maior projecção


21 de Novembro, 2014

Fotografia: Divulgação

Os festivais de arte, criatividade e cultura de pequena dimensão podem ganhar projecção europeia através da primeira edição da EFFE (Europa para os Festivais, Festivais para Europa), um projecto-piloto da Comissão Europeia.

O plano para a construção de uma Plataforma Europeia de Festivais permite dar visibilidade internacional e levar os projectos a participar e beneficiar das redes de encontro e promoção do sector a nível global.
“Este projecto-piloto europeu tem como objectivo ampliar o conhecimento do que está a acontecer no mundo dos festivais e promover a excelência e a inovação”, refere Cristina Farinha, da Agência para o Desenvolvimento das Indústrias Criativas (ADDICT).
A EFFE é um projecto-piloto da Comissão Europeia para a construção de uma Plataforma Europeia de Festivais no campo das artes e da cultura coordenado pela European Festivals Association (EFA), uma organização representativa de festivais a nível internacional, que é executado em 2014 e 2015. A primeira medida desta plataforma é implementar um “selo de qualidade” que é atribuído a festivais com compromisso e envolvam as comunidades locais e o acesso de diferentes públicos ou tenham uma programação com dimensão e perspectiva internacional.
“Este selo é mais do que um rótulo de reconhecimento pelo bom trabalho. Significa também a integração num conjunto de meios promocionais, nomeadamente um completo guia e uma plataforma online de festivais que são amplamente disseminados, contendo notícias e informação prática sobre cada actividade. A participação nesta iniciativa vai representar maior visibilidade e audiência, reconhecimento e prestígio, assim como novas oportunidades de conexão online”, acrescenta.
Esta “nova rede internacional” é oportuna e este projecto pretende “promover o maior número de festivais que correspondam ao perfil dos critérios definidos, pelo que a selecção e o conceito de festival que preconiza é muito abrangente”.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA