Estado das artes em debate


17 de Janeiro, 2016

Fotografia: Paulino Damião

A Brigada Jovem dos Artistas Plásticos (BJAP) tem programados  para este ano concursos, palestras, seminários, mesas-redondas e outras actividades para  abordar a importância das artes plásticas, disse ontem ao Jornal de Angola, o coordenador da associação.

Adão Mussungo sublinhou que, ao longo do presente ano, o  objectivo da direcção da brigada é alargar o número de membros. “A entrada de novos membros e a realização de várias exposições fazem parte dos projectos da instituição”, frisou.
 Adão Mussungo anunciou  a realização de um concurso nacional de pintura, em Abril, com vista a estimular e divulgar os trabalhos produzidos pelos jovens criadores do país. Outros dos propósitos do concurso, ressaltou, é incentivar a prática da pintura nos jovens, através da realização de várias exposições colectivas, encontros e palestras sobre as artes plásticas. O concurso tem o apoio da União Nacional dos Artistas Plásticos, que além de ajudar na atribuição do prémio, pretende apoiar a divulgação das obras dos concorrentes.
O coordenador da Brigada Jovem dos Artistas Plásticos considerou o ano de 2015 produtivo para a associação, que materializou muitos projectos e os seus membros foram convidados a participar  em  actividades no estrangeiro, com destaque para a VII Bienal de Jovens Criadores da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), na cidade de Maputo.
Neste encontro, salientou, os expositores angolanos trocaram experiências com artistas de outros países lusófonos, sobre as novas tendências da classe. “Em 2015, realizámos  a primeira exposição colectiva, na Galeria dos Desportos, na Cidadela Desportiva, em Luanda, e uma mostra colectiva de artes intitulada Caderno na Escola, em colaboração do Instituto Médio Alda Lara”, concluiu Adão Mussungo.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA