Estátua do faraó regressa a Luxor


19 de Dezembro, 2014

Fotografia: Divulgação

Arqueólogos revelaram uma estátua colossal restaurada do faraó Amenófis III, derrubada por um terramoto há três mil anos no famoso templo da cidade egípcia de Luxor.

A estátua de Amenófis III, de pé, foi instalada na porta norte do templo funerário do faraó, na margem ocidental do Nilo. O templo é famoso pelos seus dois colossos de 3,4 mil anos que representam Amenófis III, cujo reinado, no século XIV a.C., marcou o apogeu da civilização do Antigo Egipto. Os Colossos de Memnon, de 21 metros, representam o faraó sentado com as mãos sobre os joelhos, e a­traem milhares de turistas anualmente a Luxor.
O colosso revelado, de 12,92 metros, foi instalado perto de uma estátua idêntica apresentada à imprensa em Março. Originalmente, estas duas estátuas ladeavam a porta norte do templo.
“São as estátuas mais altas de um rei egípcio representado de pé”, disse o arqueólogo Hurig Suruzian, responsável pela missão de conservação do templo. A estátua, de 110 toneladas, é colocada em pé pela primeira vez desde que foi derrubada, há 3.200 anos. Os arqueólogos começaram em Novembro a juntar os 89 blocos de pedra e inúmeros fragmentos que compõem a estátua.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA