Estéticas diferentes no Camões


15 de Abril, 2016

Fotografia: Paulino Damião

Os artistas Wilson de Oliveira e Fernando Lucano inauguram no dia 21, pelas 18h00, no Instituto Camões - Cultural Português, em Luanda, a exposição colectiva de pintura “Ponto de Partida”, que   fica patente até dia 12 de Maio.  


A exposição junta três dezenas de obras de pintura, técnica mista, colagem, escultura instalação e reciclagem, nas quais são abordados temas diversificados, particularmente ligados à vida quotidiana da cidade de Luanda.
O Instituto Camões informou em comunicado que Wilson de Oliveira e Fernando Lucano são dois jovens artistas nascidos em Luanda no final da década 1980, que se iniciaram nas artes plásticas acompanhando e inspirando-se, primeiro em Nelo Teixeira, a quem estão ligados por laços familiares e, posteriormente, no Mestre António Ole, de quem são assistentes, desde 2012.
No âmbito do projecto “E-estudio”, criado com o objectivo de dar a conhecer e promover a arte angolana (no país e no estrangeiro) e descobrir e estimular jovens criadores, os artistas Wilson de Oliveira e Fernando Lucano tiveram oportunidade, nos últimos quatro anos de receber uma aprendizagem mais sistematizada  no domínio das artes plásticas, particularmente técnicas de pintura,  escultura e instalação e de utilização de materiais  recicláveis, permitindo-lhes, assim desenvolver a dimensão artística.
“No E-estudio, para além de receberem ensinamentos e beberem inspiração do Mestre António Ole, tiveram oportunidade conviver e partilhar experiências com muitos outros artistas que por lá têm passado, entre eles Francisco Vidal e Rita GT”, lê-se no documento.
A exposição “Ponto de Partida” é também uma oportunidade para estes dois jovens artistas plásticos apresentarem e divulgaram, pela primeira vez, os seus trabalhos junto do público de Luanda.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA