Estrelas da música dos EUA homenageiam Stevie Wonder


16 de Fevereiro, 2015

Fotografia: Reuters

Beyoncé, Tony Bennett e Pharrell Williams realizaram ontem, em Los Angeles, um espectáculo de homenagem a Stevie Wonder, o cantor, compositor e músico que consideram o génio que lhes inspirou as carreiras.

No espectáculo, que reuniu vários artistas, como o britânico Ed Sheeran, foi recordado também o percurso e a luta pela afirmação do “menino-prodígio” de Detroit, cego, que despontou para a música aos 12 anos.
Stevie Wonder, agora com 64, recebeu 25 Grammy, mais do que qualquer outro artista, e três vezes (1973,1974 e 1976) prémio Álbum do Ano. “Vejo uma quantidade de pessoas”, brincou Stevie Wonder, que ficou cego pouco depois do nascimento.
O músico foi aclamado não somente pelas contribuições ao soul, pop, jazz e r&b, como pelo meio século a cantar, empenho na defesa dos direitos civis e para tornar o aniversário de Martin Luther King Jr. feriado nos EUA.
Tony Bennett, que cantou “For Once in My Life”, definiu Stevie Wonder como “um dos maiores artistas de jazz”.
Lady Gaga disse que “as pessoas usam bastante a palavra génio, mas Stevie Wonder é realmente um”. Ryan Tedder, vocalista do One Republic, o tenor Andrea Bocelli, John Legend, Ariana Grande e Jennifer Hudson também participaram na festa. No final, Stevie Wonder subiu ao palco para interpretar os temas “Superstitious” e “You Are the Sunshine of My Life”.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA