Estudantes incentivam luta contra as drogas em peça

Victorino Joaquim |
19 de Setembro, 2015

Fotografia: M. Machangongo

A luta contra as drogas e as consequências do uso destas entre os jovens foi o tema de um espectáculo dramático apresentado pelos estudantes do Instituto Politécnico do Sambizanga, que venceu esta edição do Festival  “Teatro no Presente, Futuro sem Drogas”.

O espectáculo serviu ainda para chamar a atenção dos jovens, em especial os estudantes, para a crescente desestruturação do núcleo familiar angolano, devido ao consumo de drogas. O festival, realizado no anfiteatro da escola Njinga Mbande, contou com a participação de quatro grupos, todos formados por estudantes dos institutos Médio de Economia de Luanda, Médio Industrial de Luanda, Pascoal Luvualo e Politécnico do Sambizanga.
O júri foi presidido pelo director adjunto do Instituto Nacional de Luta Anti-Drogas, Sucama André. “Escolhemos os jovens deste instituto por terem apresentado, em 45 minutos, a melhor cenografia e um texto adequado ao tema”, justificou.
Sucama André disse que o festival foi criado com o objectivo de incentivar o abandono do uso de drogas e teve o apoio dos ministérios da Educação e da Cultura, assim como da Comissão Administrativa da Cidade de Luanda.
A escolha de um rumo certo para os jovens, em especial nesta fase de reconstrução do país, foi um dos focos do festival, que levou a organização a pedir maior atenção a esta classe social.
“Queremos que os jovens de hoje tenham capacidade de fazer face aos desafios que o país lhes impõe. Mas sabemos que as drogas têm sido um grande problema nesta meta. Por isso, decidimos usar a arte para chamar a atenção destes”, afirmou Sucama André.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA