Estúdio aposta em espectáculos em directo


3 de Abril, 2015

Fotografia: Reuters |

A emissora NBC informou ontem que o seu próximo projecto musical, com transmissão em directo, “O Feiticeiro”, conta com a colaboração do Cirque du Soleil e surge no intuito de estimular os telespectadores a assistirem mais à programação ao vivo.

A atracção, que é apresentada no dia 3 de Dezembro, precede a montagem do musical feito pelo Cirque du Soleil, com estreia prevista na Broadway em 2016. Ambos os espectáculos têm a direcção de Kenny Leon e argumento de Harvey Fierstein, um dos nomes habituais na Broadway.
“O Feiticeiro”, baseado no aclamado musical da Broadway com o mesmo nome, segue a clássica história do conto infantil “O Feiticeiro de Oz”, de L. Frank Baum, mas com um toque afro e multicultural, informou a NBC.
Até ao momento, nenhum actor foi anunciado para o elenco. A produção original de “O Feiticeiro” na Broadway estreou-se em 1975 e venceu sete prémios Tony, incluindo o de melhor musical, cuja música e letra eram de Charlie Smalls. A peça foi adaptada para o cinema em 1978, com Michael Jackson e Diana Ross como protagonistas.
Ao apostar em musicais para atrair telespectadores para programas em directo, a NBC espera superar a audiência em vídeo digital, cuja publicidade é menos rentável.
A NBC disse que já obteve sucesso em dois projectos semelhantes, ambos supervisionados por Craig Zadan e Neil Meron, também responsáveis pelas últimas três cerimónias do Óscar.
Um dos projectos, “A Noviça Rebelde”, estreado pela cantora country Carrie Underwood, atraiu uma audiência de 19 milhões de telespectadores em 2013, enquanto mais de nove milhões de pessoas sintonizaram no canal no ano passado para verem “Peter Pan”, um espectáculo que trouxe como protagonistas a actriz da série “Girls”, Allison Williams, e o actor Christopher Walken.
A NBC acrescentou ainda que Zadan e Meron são os produtores executivos de “O Feiticeiro”.
Os críticos e especialistas em televisão consideram a NBC como o canal de maior audiência actualmente na faixa etária entre os 18 e 49 anos, assim como dos predilectos da maioria dos anunciantes. Porém em Setembro de 2014 teve uma queda, devido ao baixo índice de audiência, que ficou com o canal CBS. O musical “O Feiticeiro” original, que foi produzido em 1978 pela Motown Productions e a Universal Pictures, é um retrato urbano do livro de L. Frank Baum, “O Feiticeiro de Oz”. O filme, que teve um elenco grandioso, foi um fracasso de bilheteira e crítica.
No elenco original constavam as actrizes Mabel King, como a Bruxa Má do Oeste, Sidney Greene, como Tio Henry, Lena Horne, como Glenda - A Bruxa Boa do Sul, Theresa Merritt como Tia Em e Thelma Carpenter, como Miss One - A Bruxa Boa do Norte.
O lançamento de “O Feiticeiro de Oz” tornou o escritor Lyman Frank Baum no criador de um dos mais populares livros escritos na literatura infantil norte-americana. Em 1897, o autor tornou-se membro da Sociedade Teosófica, incorporando frequentemente nos seus livros temas e símbolos desta doutrina.
Em 1901, Baum e o ilustrador Denslow (com o qual partilhava os direitos de autor das obras infantis) publicaram “O Maravilhoso Feiticeiro de Oz”. O livro foi “best-seller” durante dois anos seguidos. Baum escreveu mais 13 livros baseados nos lugares e no povo da terra de Oz.
Dois anos depois da publicação de “O Feiticeiro de Oz”, Baum e Denslow uniram-se com o compositor Paul Tietjens e com o director Julian Mitchell para criar uma versão musical do livro. O musical foi apresentado no teatro da Broadway de 1902 a 1911 e incluiu ainda uma digressão pelos Estados Unidos.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA