Faísca no estúdio para primeiro CD

Mário Cohen
12 de Julho, 2015

Fotografia: Paulino Damião

“Mãe Angola” é o título do primeiro disco de Faísca, que chega às lojas em Dezembro, com lançamento previsto para a Praça da Independência, em Luanda.

O CD, gravado no estúdio do produtor Yeyé Júnior, tem 10 faixas, e foi editado em Lisboa. Os temas de semba e kilapanga têm a participação de Dom Caetano. Faísca recebeu vários convites para apresentação do CD no Uíge, Benguela, Bengo, Malanje, Cuanza Norte e Bié.
Os temas do CD abordam temas sobre a escravatura e o amor. O cantor aconselhou os jovens artistas a primarem pela preservação do semba. “É preciso existir uma aposta mais séria”, disse.
Faísca começou a cantar em Malanje, em 1977. Anos depois abandonou a música para cumprir o serviço militar. Mais tarde, já em Luanda, decidiu voltar a cantar. É membro da União Nacional dos Artistas e Compositores e integrou, em 1991, os Jovens do Mussembe.
isco de Faísca, que chega às lojas em Dezembro, com lançamento previsto para a Praça da Independência, em Luanda.
O CD, gravado no estúdio do produtor Yeyé Júnior, tem 10 faixas, e foi editado em Lisboa. Os temas de semba e kilapanga têm a participação de Dom Caetano. Faísca recebeu vários convites para apresentação do CD no Uíge, Benguela, Bengo, Malanje, Cuanza Norte e Bié.
Os temas do CD abordam temas sobre a escravatura e o amor. O cantor aconselhou os jovens artistas a primarem pela preservação do semba. “É preciso existir uma aposta mais séria”, disse.
Faísca começou a cantar em Malanje, em 1977. Anos depois abandonou a música para cumprir o serviço militar. Mais tarde, já em Luanda, decidiu voltar a cantar. É membro da União Nacional dos Artistas e Compositores e integrou, em 1991, os Jovens do Mussembe.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA