Festival avalia estado da arte


14 de Setembro, 2014

Fotografia: Rogério Tuti

O chefe do departamento provincial de artes e acção cultural da direcção do Zaire da Cultura, Miguel Massala, destacou, sexta-feira, em Mbanza Congo, a importância do FENACULT para a livre expressão da diversidade cultural do país.

O responsável sublinhou à Angop que o intercâmbio cultural entre as diversas regiões ajuda a cimentar a unidade entre os angolanos e permite avaliar o estado da cultura nacional. Em relação a participação do Zaire no FENACULT, Miguel Massala disse que até ao momento corresponde ao programado, tendo em conta a presença de artistas e agentes culturais locais em palcos nacionais.
“A província do Zaire esteve representada na Feira das Indústrias Culturais, assim como nos vários festivais de teatro, dança ou música, realizados a nível nacional”, acrescentou, destacando que uma outra caravana cultural da província, com declamadores, músicos, bailarinos, artesãos, partiu para Benguela, onde vai representar a sua cultura. O chefe de departamento defendeu ainda a inclusão, nas próximas actividades do género, de mais espaço para a divulgação das artes cinematográficas e da literatura, em especial a nível do Zaire.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA