Festival de Poesia de Luanda com boa afluência de público

César Esteves
24 de Março, 2015

Fotografia: Paulino Damião

A afluência do público ao Festival de Poesia de Luanda (FESPOL), que teve um registo de mais de cinco mil pessoas, dá um balanço positivo à actividade, informou, ontem, o coordenador-geral do Movimento Literário Lev’Arte.

Kardo Bestilo disse que em mais de 50 actividades, realizadas durante quatro dias, conseguiu-se obter um saldo positivo. “Além de atingirmos 97 por cento do programa de actividades, tivemos a presença de associações culturais e escritores de Portugal, Brasil e França.”
O  coordenador-geral do Movimento Lev’Arte considerou a participação de autores de outras nacionalidades uma mais-valia para o projecto, por ajudar a internacionalizar o Festival de Poesia de Luanda. “Há mais países interessados em participar na terceira edição. Recebemos propostas dos Estados Unidos, Camarões e Moçambique”, explicou o responsável.
A autora de “Uma história de amor à procura de um final feliz” e “Aldeia de Deus”, Lueji Dharma, disse que encontrou no Festival de Poesia de Luanda a oportunidade para divulgar os seus trabalhos.
“Neste festival os autores, particularmente os que ainda estão no anonimato, têm mais possibilidade de mostrarem os seus trabalhos e interagirem com os leitores”, acrescentou.
O Lev’Arte é um movimento cultural de âmbito nacional e sem fins lucrativos, fundado em 2006, em Luanda. O seu objectivo é incentivar a leitura e a criatividade artística.
O movimento realiza semanalmente os projectos “Poesia Eu Vivo”, no King’s Club, Vila Alice, e “Poesia à Volta da Fogueira”, na União dos Escritores Angolanos (UEA), assim como “Tardes de Poesia”, na Casa da Juventude, em Viana, e “Poesia na Mulemba”, no bairro da Petrangol, em Luanda.
O Festival de Poesia de Luanda é realizado anualmente para saudar o Dia Mundial da Poesia, a 21 de Março.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA