Cultura

Festival de Teatro abre hoje no Cazenga

Manuel Albano

A 12.ª edição do Festival Internacional de Teatro do Cazenga (FESTECA) arranca hoje, às 17h30,  e termina no próximo dia 16, no palco do Centro de Animação Artística do Cazenga Anim’art, sob o lema “Juventude, Arte e Cidadania, o futuro nas nossas mãos”.

Espectáculo “Uije Uijia” do Etu Lene na abertura do Festeca
Fotografia: Edições Novembro

Na cerimónia de abertura, que vai ser presidida por responsáveis dos ministérios da Cultura e da Juventude e Desportos, vão ser homenageados Victor Nataniel Narciso, enquanto autor de textos dramáticos, e o grupo de teatro Etu Lene.
Também hoje é prestado  reconhecimento a duas entidades do teatro em Angola, nomeadamente a directora do grupo Moral Viva e o grupo de humor Os Tuneza. O grupo de teatro Etu Lene, um dos mais consagrados do país, vai  abrir o festival com a exibição do espectáculo “Uije Uijia”.
Com este espectáculo o Etu Lene já conquistou o Prémio Nacional de Cultura e Artes 2002 e, em 1995, arrebatou o Prémio Revelação de Teatro “Angola - 20 anos”. O objectivo central da obra é desencorajar os cidadãos à prática do feiticismo, para se adquirir riquezas e outras vantagens sociais.
Além de apresentações de teatro são realizadas actividades paralelas, tais como exibições de teatro de rua, seis oficina e intercâmbio cultural entre actores nacionais e estrangeiros participantes no festival a serem orientados diariamente por directores e actores da Alemanha, Itália, Brasil, Camarões, Nigéria, Quénia, Zimbabwe e Angola, país organizador.
A formação vai ser direccionada para os responsáveis de grupos de teatro que têm o seu trabalho projectado para as crianças e adolescentes. De acordo com a directora do festival, Felismina Sebastião, ao Jornal de Angola, vão ser realizadas ainda quatro conferências de teatro e uma reunião da Associação Internacional de Teatro para Crianças e Jovens (ASSITEJ).

Tempo

Multimédia