Cultura

Festival gospel saúda centenário da cidade

O cine Ginásio, na cidade do Uíge, acolheu no domingo um festival de música gospel, no âmbito da celebração dos 100 anos da institucionalização da cidade do Uíge e de evangelização da região.

Espectáculo juntou vários cantores na festa de centenário
Fotografia: Paulino Damião | Edições Novembro

Promovido pela comissão provincial do festival de música gospel, em colaboração com a Direcção Provincial da Cultura, o festival congregou 21 grupos corais, nove cantores, seis bandas e dezenas de instrumentistas.
O coordenador do projecto, Matondo Alexandre, felicitou o Governo provincial e os habitantes do Uíge, por terem festejado o centenário com um festival da música gospel. “Os anos que se celebram não se referem apenas à cidade mas também aos 100 anos de evangelização da região, explicando que os portugueses, no decurso da colonização chegavam três instituições primordiais, dentre elas  a sede do governo, a conservatória e a estrutura da igreja”, disse Matondo Alexandre, para acrescentar: “Queremos agradecer a Deus com esse festival, orando em prol da província.”
O director provincial da Cultura, José Caricoco, que representou o governador provincial Paulo Pombolo, valorizou a actividade, adiantando que o festival se enquadra  no cronograma de actividades culturais inseridas no programa das festas da cidade do Uíge, que começou com um culto ecuménico.

Cantores em Quimbele

Cerca de 60 cantores animaram, no fim de semana, a terceira edição das festas de ascensão de Quimbele à categoria de vila.
Nagrelha, Nzara, Dalton, Konde Ilavas, Jesus e Irmã Dina Livana, fizeram parte do elenco artístico que, durante cinco horas, animaram os espectadores.
Nagrelha arrastou milhares de fãs de Quimbele e dos outros municípios vizinhos.

Tempo

Multimédia