Filme é criticado


2 de Julho, 2014

O novo filme da série “Transformers", que estreou agora nos EUA, foi considerado pelos críticos “um épico", que, mesmo assim, lamentaram o excesso de efeitos especiais.

“Nunca leio as críticas. Podem dizer o quiserem. Tudo que faço é pelo público", declarou o realizador Michael Bay declarou antes da estreia de “Transformers: A Era da Extinção". “É um filme realmente épico", afirmou Michael Bay, que realizou também os quatro capítulos da série.
O realizador, que se tornou conhecido com filmes de acção com grandes orçamentos, como “Pearl Harbor" (2001), disse que “esta nova longa-metragem, na qual trabalharam quatro mil pessoas, foi um grande desafio" por ser “um filme muito complicado".
Michael Bay, que disse ter sido "muito bom mudar de ares e de actores" e dar "outra dinâmica à série", revelou que na sequência Mark Wahlberg substitui Shia LaBeouf como personagem principal do filme, onde ressurge a eterna batalha entre Autobots e Decepticons.
Michael Bay disse ainda que a maior satisfação que lhe dá a série, que arrecado mil milhões de dólares nas bilheteiras, é permitir-lhe viajar pelo mundo e contactar com o público.  “Estivemos agora na China e depois em Nova Iorque. Há admiradores da série em todo o mundo", sublinhou.
O realizador não pôs igualmente de lado a possibilidade de realizar o quinto filme da série “Transformers".  "Tenho a certeza que vão fazer, mas não sei se participo", disse.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA