Cultura

Filmes nacionais ganham projecção

Roque Silva

A divulgação e valorização da sétima arte de produção nacional integra a programação do Espaço Aplausos, na Cidade do Sequele, município de Cacuaco, em Luanda, que passa a exibir mensalmente um filme angolano.

Filme protagonizado por Lesliana Pereira será exibido no Sequele
Fotografia: DR

A ideia, segundo disse, ao Jornal de Angola ,o gestor da casa de educação artística e de promoção da cultura nacional, é dar mais visibilidade à produção local e saber mais sobre o processo de produção dos filmes, estabelecendo um contacto directo entre os protagonistas e a plateia.

Neste sentido, está agendada a exibição para domingo, da longa-metragem “Njinga, Rainha de Angola”, uma das maiores produções cinematográficas do país.
Cabingano Vidal Manuel afirmou que a projecção do filme, detentor de vários prémios internacionais, será seguido de um momento de conversa entre os actores Lesliana Pereira e Jaime Joaquim com o público. O momento, acrescentou, será para perguntas e respostas e troca de ideias, em que a assistência poderá saber um pouco mais dos protagonistas as dificuldades nas diversas fases de gravação do filme, bem como os actores irão falar sobre as experiências.
A transmissão dos filmes é feita por meio de um projector no anfiteatro do Espaço Aplausos, com capacidade para 150 pessoas. O gestor do espaço disse que a ideia passa, também, por diversificar as propostas culturais da casa e adequar aos conteúdos disponíveis, que além da formação artística é, igualmente, voltada a promoção da arte e dos fazedores.
A exibição de “Njinga, Rainha de Angola”, produzida pela Semba Comunicação, no Espaço Aplausos, sucede a de “Falso Perfil”, a 25 de Janeiro, na qual estiveram presentes os actores e protagonistas Micaela Reis e Sílvio Nascimento, e o realizador Dorivaldo Fernandes.

Tempo

Multimédia