"Amour Fou" considerado o Melhor Filme


24 de Novembro, 2014

Fotografia: Divulgação

O filme “Amour Fou”, da austríaca Jessica Hausner, venceu o Prémio de Melhor Filme do Lisbon & Estoril Film Festival, que terminou há uma semana, anunciou a organização.


“Amour Fou” é uma comédia romântica livremente baseada no suicídio do poeta Heinrich von Kleist, em 1811, em Berlim, no período do romantismo.
O Prémio Especial do Júri João Bénard da Costa foi atribuído a “Phoenix”, do alemão Christian Petzold, centrado em Nelly Lenz, uma sobrevivente de um campo de concentração que ficou seriamente desfigurada e é levada para Berlim por Lene Winter, da Agência Judaica. O prémio constitui uma homenagem ao cinéfilo e antigo director da Cinemateca Portuguesa João Bénard da Costa.
O Prémio Revelação foi para “Heaven Knows What”, dos norte-americanos Joshua e Bem Safdie, baseado na história de vida de Arielle Holmes, contada em livro, uma jovem heroinómana que, até há um ano, vivia nas ruas de Nova Iorque.
A actriz sueca, criada em Espanha, Ingrid García Jonsson, venceu o Prémio de Melhor Actriz com o papel desempenhado em “Hermosa Juventud”, do catalão Jaime Rosales.
“Angels of Revolution”, do russo Aleksei Fedorchenko, venceu o prémio Cineuropa.
O júri desta edição do Lisbon & Estoril Film Fest era composto pela fotógrafa norte-americana Nan Goldin, o escritor grego Dimítris Dimitriádis, a escritora e jornalista polaca Dorota Maslowska, o artista e realizador francês Philippe Parreno e o artista português Francisco Tropa.
Foi ainda atribuído o Prémio Meo, que distingue o trabalho dos alunos das Escolas Europeias de Cinema, e cujo júri este ano foi composto pelos escritores Peter Handke e Dulce Maria Cardoso e a figurinista Birgit Hutter.
A distinção foi atribuída ex-aequo a “Para pero Sigue”, de Lud Monaco, da Escuela de Cine Barcelona, Espanha, e a “Paul e Virginie”, de Paul Cartron, do Institut des Arts de Diffusion, Bélgica.
Nesta categoria foram ainda atribuídas Menções Honrosas a “Poço das Almas”, de Filipa Pinto, da Escola Superior de Teatro e Cinema, a “Saba”, de Sara Santos, da Escola Superior de Tecnologia de Abrantes, e a “Do Outro Lado”, de Artur Maurício, da ETIC - produções de alunos de escolas portuguesas.  Lisbon & Estoril Film Festival decorreu de 7 a 16 deste mês em salas do Estoril, Cascais e de Lisboa e é uma iniciativa do produtor Paulo Branco.
O cineasta angolano Ruy Duarte de Carvalho, falecido em Agosto de 2010, fez parte do júri da primeira edição do Festival, ao lado de nomes sonantes do cinema mundial.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA